AS TRÊS PONTAS QUE INTERLIGAM OS NOSSOS TRIÂNGULOS

SÃO OS PILARES QUE NOS SUSTENTAM

BAR • GASTRONOMIA • EXPERIÊNCIA

O Terço é um bar com uma completa carta de drinks e vinhos, criada pela Sommelière Gabriela Bigarelli e nossa Chef de bar Carol Gutierres, unida ao menu multicultural dos Chefs Luiz Moraes, Luiza Hoffmann e Sayuri Tsuji gera impacto sensorial e cria uma experiência surpreendente.

Com cores que não são cores, o ambiente reflete uma alma cosmopolita e internacional, um verdadeiro convite a sentir-se bem em qualquer ocasião e horário. 

 

Peças da artista Patrícia Bigarelli complementam o design de interiores com maestria e o arquiteto Gustavo Neves assina o espaço localizado coração da Vila Nova Conceição em São Paulo, aproveitando todos os ambientes e agregando a ele bastante personalidade, com seu mobiliário exclusivamente desenvolvido para o projeto.

OS SÓCIOS

TERÇO-BAR-GABRIELA-BIGARELLI.jpeg
Profissional na área de bebidas gerais, é expert em vinhos. Sua empresa de consultoria de bebidas e serviços atua há 18 anos em mais de 25 restaurantes conceituados e premiados na cidade de São Paulo, no interior do estado e Fernando de Noronha, dentre os quais o restaurante Maní.
TERÇO-BAR-LUIZA-HOFFMANN.jpeg
Esteve à frente do restaurante Figo em São Paulo e do Bar do Meio em Fernando de Noronha, estudou no Paul Bocuse na França, trabalhou no espanhol Martin Berasategui, Guia Michelin três estrelas, e participou de eventos como o famoso Jantar do Século. Atualmente tem um programa de gastronomia o Bizu no Food Network e esta a frente do Shake Dog Lanchonete Gourmet em Balneário Camboriú.
TERÇO-BAR-LUIZ-MORAES.jpeg
Trabalhou em restaurantes estrelados pelo guia Michelin na Espanha, França e Inglaterra com chefes de renome como Alain Ducasse, Gordon Ramsay e Luiz Andoni Aduriz.
De retorno, trabalhou como chefe de cozinha para o Buffet Fasano, para o Mozza Bar e Corrientes 348
TERÇO-BAR-SAYURI-TSUJI.jpeg
Formada em gastronomia pela tradicional Le Cordon Bleu, trabalhou no premiado Quay, o que contribuiu para sua cozinha ser internacional com um toque brasileiro.
No Brasil trabalhou no Buddha Bar, Capim Santo, Renaissance Hotel, firmando a diversidade do seu trabalho, que hoje é voltado para criação de pratos autorais baseados em todas as lembranças, técnicas e experiências adquiridas ao longo dos anos.